mercoledì 29 dicembre 2010

mercoledì 24 novembre 2010

Apostasia - Community


Se você é uma pessoa que não se conforma com esse evangelho deturpado que tem sido pregado na maioria das igrejas hoje.


Se você gostaria de fazer a diferença na tua geração estudando e levando outros jovens a buscar o verdadeiro evangelho.

Se você quer juntar-se a mim nesta missão e influenciar outro a buscar ao Senhor de todo o coração sem focalizar a busca desesperada pelo sucesso e realização pessoal enquanto existem milhares de pessoas que nem mesmo sabem que Jesus Cristo morreu por ela.

Então você é bem vindo nesta comunidade!!!

http://www.orkut.com.br/Main#Community?cmm=108649386
Comprometa-se com Deus em divulgar todo o conteúdo apresentado aqui.

Busque viver cada vez mais intensamente um “evangelho Radical” onde não tem espaço pra hipocrisia ou qualquer um destes formatos de evangelho importado e deturpado que não faz outra coisa a não ser vacinar as pessoas contra o verdadeiro evangelho.

Voltemos à palavra de Deus, voltemos a viver uma vida como Jesus ensinou.

Diga não a “Apostasia”



venerdì 19 novembre 2010

“APOSTASIA"


Aguardem: “APOSTASIA”

Uma serie de musicas falando sobre como as pessoas tem sido enganadas e levadas a viver um evangelho que não transforma e não traz satisfação espiritual. O evangelho dos últimos tempos. Fique de olhos bem abertos. Você pode ser uma vitima talvez você tenha encontrado um poço a beira do caminho, mas ao se aproximar descobriu que aquilo não passava de um engano, em vez de água você encontrou lama. A tua desilusão foi tão grande que você decidiu nunca mais acreditar que existem águas cristalinas capas de matar a tua sede. Creia é tempo de surgir água da Rocha


APOSTASIA

Celso de Freyn - Vocalista do Seven Horizons
Raphael Dafras - Baixista do (Forged Wings) banda do Germán Pascual, Ex. Narnia
Leonardo C - Guitarrista e compositor - Italia


Produção geral: Raphael Dafras
Melodia e letras: Celso de Freyn
Musica: Leonardo C e Raphael Dafras

AGUARDEM!!!!

giovedì 11 novembre 2010

martedì 2 novembre 2010

Resenha do CD "Seven horizons" na Metalland - confere aqui

Resenha do seven horizons na Metalland - confere aqui


Nome da banda: Seven Horizons

Nome do CD: Seven Horizons

Nome da gravadora

Independente



Review por

Arnon Corrêa de Mello

www.myspace.com/7horizons

Definitivamente fazer review de bandas novas é sempre desafiador, mas sempre gratificante quando a gente se depara com coisas de qualidade, aí véio a coisa muda de figura.
Chegou em minhas mãos o debut álbum da ítalo-brasileira Seven Horizons, que tem em sua formação o brasileiro Celso De Freyn, ex-Stauros, nos vocais.
Este fato torna ainda mais curiosa a audição do álbum, pois Celso é um grande vocalista, mas o que esperar deste mix de músicos italianos e brasileiros?
O Seven Horizons tem 3 anos, segundo site oficial. O debut é um deleite aos ouvintes. A qualidade permeia o álbum de início ao fim. Nunca pensei que falaria isso e não quero desmerecer os demais membros do grupo, mas quero destacar o trabalho de teclados de Riccardo Oneto. Tecladista de “mão cheia” com arranjos e utilização de efeitos que enchem e enriquecem as músicas da banda.
Com temas longos, intrincados e muito bem arranjados o Seven Horizons executa um belo Prog Metal como há muito tempo eu não ouvia. As letras são ótimas e vão desde assuntos atuais, como em “The System is Dead”, até letras que falam sobre a grandeza de Deus e outras são um verdadeiro incentivo, dão um “up” no ouvinte que escuta aquilo e “se levanta e vai de novo”

Será que fui claro??

Quero destacar aqui algumas faixas:

The System is Dead, já citada, que abre o álbum. Into the Sunshine que tem passagens incríveis e bons teclados. The Miracle que me lembrou muito o grande canadense TRIUMPH, só não me perguntem porquê. Goliah´s Head que apesar de ter um nome meio “violento” é um baladaço e tem uma letra sensacional. Pathway To The Throne, simplesmente “un temazo”, como diriam nossos hermanos uruguaios ou argentinos. A homônima Seven Horizons que é “tranqüila-tranqüila” e acalma, muito boa.

Agora sem sombra de dúvida a cover Ancient of Days é uma grande surpresa neste álbum. Nunca imaginaria uma banda de Heavy Metal tocando esta música eternizada por Ron Kenolly até pelas características musicais deste. O resultado final ficou muito bem sacado. Escute e verás o que quero dizer.

Se você gosta de um bom Metal este álbum é recomendadíssimo. Falo aqui sem medo de errar, este é um dos melhores lançamentos de 2010 na cena cristã.


Arnon Corrêa de Mello (24/01/1972)

Cachoeirinha - RS

Função no site: Atualizações

Profissão: Supervisão de Processos

Bandas Preferidas:

E -mail: arnonmello@ig.com.br

mercoledì 27 ottobre 2010

Conheça os musicos que nos apoiaram na turne Seven Horizons 2010

E ae galera, este foi o encerramento da turnê com a banda Seven Horizons, realizada no Brasil no período de setembro a outubro de 2010. Algo que Deus me deu como presente de aniversario, pois aos 22/10 eu cumpri quarenta anos e no dia 23/10 fizemos o show de encerramento.


Gostaria de agradecer de forma carinhosa a todos os músicos que estiveram nos acompanhando nesta dura e emocionante aventura.

Raphael Dafras: baixista do German Pascual (novo projeto: Forged wings)

Caraguatatuba - SP

http://www.youtube.com/watch?v=RBRcn_ZZ6vQ

Marcus Lopes: Tecladista do bloodforge

Jundiaí - SP

http://www.youtube.com/watch?v=GHDyyatxvCo

Arilson Cardoso: Guitarrista do Dynamus

Caraguatatuba - SP

http://www.youtube.com/watch?v=V367_vuqJ-c

Willian Matheos: Guitarrista do Deliver e responsável pelo Praise Rock.

Curitiba - PR

http://www.youtube.com/watch?v=XhunAK8glq0



Ezequias: Guitarrista

Pato Branco - PR

http://www.youtube.com/watch?v=Cn7oLqWXwVc&feature=player_embedded

Roney Roberto: Um musico completo que toca vários instrumento... Cooperou nos teclados em Pato Branco. Fez o milagre de aprender algumas musicas em cima da hora pra substituir o nosso tecladista da turnê que não pode estar por motivo de força maior

Pato Branco - PR

http://www.myspace.com/roneyroberto

Bob: Vocalista e tecladista. Nos auxiliou nas musica 7 e 8 do cd Seven Horizons.

Curitiba - PR

martedì 19 ottobre 2010

LANÇADO OFICIALMENTE O CD KINGDOM OF METAL LAND VOL. 2

LANÇADO OFICIALMENTE O CD KINGDOM OF METAL LAND VOL. 2

Postado por Isaque Sales Soares em: 15/10/2010

Lançado oficialmente o cd Kingdom of Metal Land Vol. 2

Agradecemos as mais de 30 bandas que mandaram as músicas para participar da coletânea, e ficou essas selecionadas entre os organizadores da Land.


Baixe clicando aqui



Esta coletânea

foi desenvolvida com o intuito de divulgação das bandas dentro do

cenário cristão. As músicas cedidas cordialmente com a autorização de

todas as bandas não podem ser revendidas com a finalidade lucrativa.


Track List


01. Trino - Enemy in Me

02. Puritan - Fornalha

03. Fire - V8 Jesus

04. Seven Horizons - Empty Jail

05. Edgus - Eu Sou

06. Profetika - Serial Killer

07. Cod7 - Encarando o Mar

08. Hawthorn - Master of Lie

09. Testify - Sempre pra frente

10. Overpraise - Two Ways

11. Shamash - Chaos

12. Prophettica - Caminhos Divinos

13. Destroyed Empire - Majestade

14. Big Head Project - Hate

15. Surmount Darkness - Levantado del Sepulcro

16. Eloha - The Earth Complains


entrevista seven horizons parte 1

domenica 26 settembre 2010

OUÇA A ENTREVISTA COM O GRUPO SEVEN HORIZONS NA SARA BRASIL FM




HOJE ROLOU A ENTREVISTA COM CELSO DE FREYN E GIORDANO DO SEVEN HORIZONS NA SARA BRASIL FM


TERÇA-FEIRA AS 17:00H – 107,5

Sara Brasil FM:

http://www.sisdera.com/stream/webplayer3.php?canal=sarabrasilpr&autoplay=1

Chat da Radio, por aqui você pode interagir on line

http://www.radiosarabrasil.fm.br/phpfreechat2/demo/demo65_chat_popup.php

FM Brasil site official:

http://www.radiosarabrasil.fm.br/


martedì 31 agosto 2010

Divulgação da Tour, no site da Ledur Music - Raphael Dafras é endorsee dos baixos Ledur

Raphael Dafras, baixista da turne Seven Horizons que é endorsee dos baixos Ledur mandou o materias da banda para divulgação da Tour. ja postaram em varios canais da uma conferida ae abraços

Seven Horizons na Radio Juventude - FM 95.5 - Rio de Janeiro e M.Gerais


brother celso, acabei de mandar meu programa pra radio juventude fm, que pega no rio em em minas gerais, fiz um especial com o seven horizons, anunciei seus contatos, divulguei a agenda de voces e avisei que ainda tá em tempo pra contatar voces etc...o site é http://www.juventudefm.com.br/,
Minal Gerais e Rio de Janeiro - FM 95.5

esse meu programa se chama radio rock, e eles repetem ele o tempo todo, o programa tem duas horas, valeu brother

lunedì 30 agosto 2010

Show Em São Paulo na Crash Church dia 09/10


http://www.facebook.com/#!/event.php?eid=147622365257889

Turne Seven Horizons - Confirmado Show no Rio de Janeiro, dia 06/11


Show do Seven Horizons no Rio de Janeiro
Confirmado pro dia 06/11
em breve maiores informaçoes

sabato 28 agosto 2010

Camisetas do Seven HorizonS a Venda.

Interessados em adquirir camisetas da banda Seven Horizons entre em contato pelo

celsodefreyn@hotmail.it

sabato 21 agosto 2010

Seven Horizons na Web Radio Rock Freeday, 30 dias de programação



Acompanhe a programação da Rock Freeday durante os próximos 30 dias.
Ouça as musicas do Seven Horizons e saiba mais a respeito do grupo.
Estaremos na programação
"Quatro spots de trinta segundo, diariamente e veiculação de TRÊS músicas por dia da Banda Seven Horizons"

Acompanhe e prestigie!!!

mercoledì 18 agosto 2010

Seek the Truth - (FORGED WINGS)

Raphael Dafras - Baixista da Turne "Seven HorizonS"

Bom dia galera. Estamos divulgando ae os nomes dos músicos que irão nos acompanhar nos shows aqui no Brasil. São pessoas especiais que se ofereceram de coração para embarcar nesta aventura mesmo sem esperar por nenhuma remuneração. Quero honrá-los de forma carinhosa e já agradecer a Deus por estas vidas.
Raphael Dafras
Raphael Dafras nasceu em 22 de maio de 1984 e iniciou-se na carreira musical no final de 1997, despertado o interesse pela Música ao ser convidado por amigos do colégio onde estudava na época a formar uma banda de Heavy Metal Cristão para tocar em um festival de Música Cristã que se realizaria na Cidade em 3 meses.Mesmo sem tocar absolutamente nada, resolveu preencher a vaga de baixista para a banda e comprou o Baixo Elétrico,decidiu na Época investir e Aprender a Tocar,completando o time da banda formada para o festival.Em menos de Dois Meses já estava tocando e Executando algumas Músicas.Mesmo não sendo cristão na época, despertou algo em sua vida e logo começou a frequentar a igreja evangélica,e se dedicando a trabalhos Cristãos.Passando os Anos foi se desenvolvendo como Baixista, se aprimorando e tocando em pequenos festivais da mesma Cidade onde Morava.desde então se passram anos e Em julho de 2008, conheceu Germán Pascual (ex-Narnia) pela Internet. Desde então vêm mantendo contato e a amizade vem crescendo a cada dia. Em setembro de 2009 Germán manifestou seu desejo de gravar algo com seu amigo. Raphael já tinha algumas idéias e se prontificou a compor algumas canções.
Para que o desejo de ambos fosse concretizado, alguns músicos foram chamados. O primeiro foi o tecladista Guilherme Oliveira, que é uma grande referência entre tecladistas Cristãos, além de também contribuir com composições musicais. Depois, vieram o amigo de longa data do Germán, o guitarrista Martin Hall e o baterista Jeferson Viana, este indicado por Raphael Dafras. Assim, nasceu o (Forged Wings).



Mesmo separados por alguns milhares de quilômetros os integrantes seguem firmes com a banda, que no momento está em fase de gravação de seu primeiro Cd, que deverá ser lançado em 2011. Pode-se ter uma idéia do bom trabalho que está sendo desenvolvido através do Myspace da banda (www.myspace.com/forgedwings) que contém o primeiro single “Seek The Truth”.

Quanto a apresentações ao vivo, a banda planeja alguns shows pelo Brasil em 2011, quando Germán Pascual e Martin Hall virão ao país. Haverá também apresentações da banda com um dueto dos dois ex-vocalistas da banda Narnia Germán Pascual e Christian Liljegren Rivel.

seguem os endereços de myspace

www.myspace.com./raphaelbass

www.myspace.com/forgedwings

Marcus Lopes - Tecladista da Turne "Seven HorizonS"

Marcus Lopes
Minha jornada na musica se iniciou quando eu tinha 12 anos, logo após meu pai ter comprado um teclado muito antigo, da marca Spark. Na época eu detestava a idéia de aprender a tocar. Por insistência do meu pai, aprendi algumas musica simples no início, e com o passar dos anos, fui pegando gosto. Comecei a ouvir muita coisa de heavy metal e musica clássica, e posso afirmar que minha trajetória mudou depois de ouvir Dream Theater e Beethoven. Fui autodidata por 10 anos, e depois estudei um ano de piano clássico e popular. Foi mais ou menos nessa época que formei minha primeira banda de metal, o Revérsia. Foi uma época boa, aprendi muito sobre o que realmente significa fazer parte de uma banda, com muitos erros e acertos. Em 2006 a banda se desfez, e passei um ano da minha vida tocando em casamentos e fazendo free-lance em bandas de pop rock e jazz/fusion. Em setembro de 2007, surgiu a oportunidade de fazer um teste para a vaga de tecladista do Bloodforge. Realizei o teste e assumi a vaga de membro efetivo na banda, e nela permaneço até hoje, já tendo realizado shows e gravações.
Bloodforge - Banda formada em São Paulo, em Setembro de 2004, tem como característica um Heavy Metal com passagens Doom, Gothic, e elementos do Rock Progressivo, com vocais femininos alternando com vocais masculinos agressivos e guturais.

As letras das músicas do Bloodforge remetem a dramas pessoais e às conseqüências de escolhas feitas, frente às diversas situações da vida.

Em Abril de 2005, a banda lança seu primeiro CD-EP, "Forged", divulgado e distribuído em diversos estados brasileiros e em países como Argentina, Peru, México, EUA, Alemanha, França, Itália, Espanha, Noruega, e Grécia, entre outros.

Há mais de cinco anos na estrada, o Bloodforge se apresentou em diversos outros lugares do Brasil, ao lado de várias bandas da cena nacional. Em Julho de 2005, ganhou o primeiro lugar no “Be a Rockstar Festival”, um festival realizado no estado de São Paulo, onde concorreu com outras quinze bandas.

Ainda em 2005, com as músicas “Show you the Way” e “Morning Star”, a banda participou do DVD “II Heaven’s Metal”, e em 2008, com a música “Memories of my Future”, participou do DVD “I Encontro de Motociclistas e Bandas – Motoclube ‘Guerreiros da Luz’”.

No final de 2008, com uma nova versão da música “Show You the Way”, participou do CD “No racism, No violence 2th Edition”, uma coletânea com bandas do Brasil, Hungria, Romênia, Espanha e Uruguai.

Está previsto ainda para o segundo semestre do 2010 o lançamento de um CD single que contará com duas faixas inéditas, precedendo o lançamento de um CD full length no início de 2011.

Formação:

Estefania Bonfanti (Vocal), Doug Bathmann (Baixo), Marcus Lopes (Teclado),

Vagner Machado (Guitarra), Jason Loureiro (Bateria), Rod Silva (Guitarra)

"O Bloodforge mistura Doom, Atmospheric, Progressive e Classic Heavy Metal de forma tão natural que acaba criando uma experiência musical bonita e interessante, o qual você definitivamente irá ouvir por muitas e muitas vezes!"

Behind The Veil Webzine (Grécia)

A primeira audiência te faz ficar de boca aberta. A seguinte, somente aumenta a vontade de ouvir mais... "

Italian Metal Website (Itália)

"O Bloodforge agradará fãs de Doom, Gothic, Melodic Metal e até Rock Progressivo, tamanha a maestria do grupo."

Sacred Sound Magazine #4 (Brasil)

"... competente Gothic Metal com elementos de Doom."

Revista Rock Brigade #227 (Brasil)

CONTATOS:

Home Page: www.bloodforge.net My Space: myspace.com/bloodforgebr

E-Mail: bloodforge@bloodforge.net YouTube: www.youtube.com/user/bloodforgebr

Telefones: (011) 9811 1000 / (011) 9773 7551 / (019) 9696 2000

Cleiton Antonio - Guitarrista da Turne "Seven HorizonS"

Cleiton Antonio


Um grande homem de Deus, guitarrista da banda “Império Cristã”


Tem realizados inúmeros trabalhos evangelísticos na sua cidade, sempre falando do evangelho de Cristo com simplicidade de coração, mas com muito amor e compaixão pelas vida que carecem do amor de Deus. Vai ae a minha homenagem a este homem guerreiro.
_______________________________________________
Cleiton A.
"Eu comecei a tocar em 1988 na Igreja Batista Memorial em Petrolina PE aos 10 anos de idade.
Hoje ja faz 22 anos que estou na luta fazendo a obra do senhor, Montei a Banda Império Cristão em 1994 com meus amigos, Tiago, Edinho, Luciano e Leandro Jesus é e sempre foi nossa referência e tudo é pra Ele, glorias a Ele. Em 1996 abrimos o show da Banda Catedral, em 2004 abrimos o show do Oficina G3, e desde de então saimos pelo Nordeste levando o amor de Cristo"

http://www.orkut.com.br/Main#Profile?uid=5849360184286723222
 
http://www.youtube.com/watch?v=S2WG-5V9vyw&feature=related

martedì 17 agosto 2010

Em breve SH na 20 edição da EXTREME BRUTAL DEATH

Em breve
Seven HorizonS na 20 edição da revista
EXTREME BRUTAL DEATH

domenica 15 agosto 2010

ENTREVISTA: CELSO DE FREYN

sábado, 14 de agosto de 2010
ENTREVISTA: CELSO DE FREYN

Celso de Freyn foi vocalista da banda Stauros em uma das melhores fases da banda. A seis anos morando na Itália, Celso agora está atuando como vocalista da banda Seven Horizon e nestes meses de setembro, outubro e novembro estará fazendo alguns shows pelo Brasil. Confira nesta entrevista exclusiva maiores detalhes da carreira de Celso de Freyn.
Por Nelson Paschoa


Nelson Paschoa - Até hoje você ainda é muito lembrado por sua passagem pela banda Stauros. Conte como foi esta experiência.

Celso de Freyn – Foi uma experiência muito boa, teria que escrever um livro pra descrever tudo aquilo que fizemos desde a primeira formação. Dois CDs maravilhosos, um selo discográfico que ajudou a lançar a banda em todo o país, mais de 150 shows, centenas de autógrafos e fotos com os fãs, mais de 50 mil CDs vendidos em todo o território nacional, artigos em revistas e jornais, entrevistas na televisão e em FM's, viagens importantes, shows marcantes com grupos como Oficina G3, Resgate, katsbarnea entre outros.
Coisas que marcaram, por exemplo, uma vez nos tocamos em Campo Grande com o Oficina G3 na época do Manga, cara no meio do show deles o Manga me chama pra cima do palco pra cantar com ele "Glória, glória aleluia", meu, mais de cinco mil pessoas lá em baixo. A mesma coisa rolou em Joinville na época do PG. Uma vez a gente viajou pra São Paulo para participar de uma reunião com as bandas da Gospel Record. Rolou ali um almoço e podemos confraternizar com a galera do Atos 2, pessoal da Renascer Preise, Resgate, Oficina entre outros. Foi nesse tempo em que agente começou a viajar de avião pra vários lugares. A minha primeira viajem de avião foi pra Belém do Para, foram cinco horas de viagem, inúmeras vezes ficamos hospedados em ótimos hotéis. Muitas vezes no mesmo hotel onde ficaram as bandas de nome que iriam tocar com a gente. Algumas vezes almoçamos juntos e confraternizamos com os mesmos. Cara, realmente, foram grandes e inesquecíveis os momentos em que Deus me proporcionou no tempo em que estive com eles. Mas o que realmente marcou foi como Deus nos usou pra quebrar grilhões, e espalhar o bom perfume de Cristo. Ate hoje recebo emails de pessoas contando testemunhos de salvação e libertação através das musicas do “Sentido da Vida” e o “Marcas de um tempo” é incrível a quantidade de pessoas que me escreve contando como foi tocado através das letras dos CD's ou até mesmo nos shows. Uma vez eu recebi um email de uma pessoa que havia se convertido no show em Brasília e alguns anos depois era um pastor. Outros se reconciliaram com Deus através do nosso ministério. Foi um tempo de muita unção. As bandas daquela época tinham uma pegada com Deus de uma forma muito mais intensa que agora. Mas Deus vai fazer a mesma coisa através do Seven Horizons na Itália.

NP – Pode dizer por que deixou a banda? Tem algo ligado a sua mudança para Itália?

CF – Fui para a Itália pra ficar três meses e voltar. Mas quando cheguei lá logo vi as necessidades das igrejas de pessoas disponíveis para a obra, durante os três meses que fiquei ali eu senti uma grande convicção de que deveria continuar ajudando. Eu me sentia muito mais útil para o Senhor estando lá. O Stauros era uma grande banda, mas mesmo sendo muito conhecida não conseguia fazer tantos shows. Hoje depois de seis anos fora do Brasil pensei em encontrar um país mais preparado para este movimento. Cara infelizmente o que eu vi nestes últimos três meses fazendo contatos e ouvindo a opinião de muitos é que o movimento Christian Metal aqui esta ainda mais fraco. Só grandes nomes conseguem fazer alguns shows. Infelizmente parte da culpa é nossa mesmo. Estamos comprando muito menos materiais das bandas, as nossas igrejas estão investindo muito pouco nos grupos e os poucos roqueiros que temos na cena, não tem dinheiro pra pagar nem o ingresso para assistir as bandas. Ai fica quase impossível, mas mesmo assim existem os remanescentes que não olham para as circunstâncias, mas crê que Deus pode mudar esta realidade. Pois é mano estas coisas já me deixavam desanimado naquela época.



NP – Como aconteceu sua entrada no Seven Horizons?

CF – A minha entrada no Seven Aconteceu por acaso. Depois de ser contatado para ir a Londres como vocalista em uma apresentação do grupo e depois de ser convidado para gravar o CD. Chegou também a proposta para assumir os vocais da banda. Só que nesta época eu já estava me organizando pra voltar para o Brasil. Mesmo depois de ter gravado o cd e de constatar que o resultado final ficou surpreendente em relação a DEMO apresentada no inicio. Mesmo depois de ter conhecido os músicos e feito um boa amizade com eles, eu ainda persistia em voltar para o Brasil e montar um grupo metal, sem ter nenhum vinculo com o Seven. Foi bem nos últimos dias que eu tomei a decisão de ficar no grupo como definitivamente e para selar esta união resolvi organizar esta turnê no Brasil. O motivo pelo qual eu relutei em ficar no grupo foi que em primeiro lugar o estilo não me agradava tanto e nem a forma de composição com muitos teclados, poucos rifs pesados de guitarra e muitas linhas super baixas de voz. O outro motivo é que eu estava com a idéia fixa de ou voltar para o Stauros ou dar continuação no projeto do Venâncio “Videvox” ou de repente montar uma banda como eu sempre quis. Bem as coisas com o Videvox não deram certo e ate onde sei o Stauros esta muito bem como esta. Pouco antes de decolar para o Brasil eu já havia decidido ficar e apostar no grupo. A continuação no mesmo vai depender da composição das próximas músicas. Se continuar no mesmo estilo como esta agora eu não vou conseguir continuar. Nunca gostei de Jetro Tull. Prefiro mais um Mister Big, ou ate mesmo no estilo do Oficina G3, não é mal.

NP – Quais são as referencias musical da banda?

CF – Cara, o Giordano que é o principal fundador da banda define as referencias como sendo Dream Theater, Petra, Neal Morse, Metalica, Emerson Laker & Palmer, Satriani, etc.

Mas eu acho que a presença de Jetro Tull é muito marcante nas músicas especialmente aqueles rock progressivos dos anos 70/80 cheios de teclados e efeitos. O que não era absolutamente o meu estilo.

NP – Fale deste primeiro CD da banda.

CF – Este CD foi criado pelos fundadores da banda. Giordano Thomas e Riccardo Oneto, com alguma participação do guitarrista Gianluca Russo. Eu não tive a possibilidade de fazer as linhas melódicas porque quando cheguei o cd já estava pronto. Ou seja, eles tinham uma demo. Mesmo assim, ouvindo o vocal do cd você percebe que é dividido em duas partes. As linhas extremamente baixas e aquelas altas. As linhas melódicas altas foi eu que criei no próprio Studio pois era impossível manter as linhas originais da demo. As linhas baixas menos feias eu acabei mantendo pra fazer a vontade deles. Foi difícil mexer nas músicas pois pra eles era uma coisas já acabada, só que se eu te mostro a demo e o cd finalizado você não acreditaria. A coisa interessante é que enquanto eu estava gravando o vocal de repente eu colocava algumas frases improvisada mais power, meu ficava alucinante e a galera que estava ali, pirava. Tanto que quando estávamos indo já da metade do cd pra frente o Giordano sempre me dizia: “Celso, fica a vontade pra mudar alguma coisa nessa parte” bem foi uma briga porque eles queriam manter o cd meio tipo Jetro Tull sem tantas influencias de haevy metal, mas como eu sou teimoso, acabei conseguindo colocar um pouco daquilo que eu sabia fazer melhor. Esse cd é só o começo de uma grande história, o melhor ainda esta por vir.

NP – Encontrou alguma dificuldade seguir com banda sendo brasileiro em um país com idioma e cultura diferente?

CF – no inicio eu senti muita dificuldade na comunicação por dois motivos. Eles são muito jovens e brincam o tempo todo entre eles fazendo brincadeiras que quase sempre eu não entendia, mesmo com seis anos de Itália. O outro motivo é que tudo acontecia numa velocidade muito grande, só sendo italiano ou tendo crescido e estudado ali pra acompanhar em real time. Quase sempre eu ria fazendo de conta que tinha entendido a brincadeira pra não ficar sem graça. Só que depois eu me enchi com isso e expliquei pra galera que reduzisse um pouco a velocidade e me explicasse o contexto daquilo que eles estavam falando porque eu queria rir também, (risos). Isso foi no início, depois melhorou bastante. Sabe como é eu já estou chegando na casa dos "entas" e conseqüentemente é normal que eu me comunique melhor com pessoas da minha geração (risos).

NP – Como é a cena rockeira na Itália?

CF – No meio não cristão é bem difundido, tipo assim é normal um jovem italiano gostar de rock, quase todos curtem, não tem essa coisa de um jovem italiano ter um cd no carro de música sertaneja ou qualquer um desses estilos bregas que é comum por aqui. La ser roqueiro é normalíssimo, enquanto que o roqueiro aqui é doidão, maluco, etc. Só que em se tratando de Christian Metal, é raro, ninguém conhece. Nós, como Seven Horizons, estamos abrindo as portas lá na Itália também pra este tipo de trabalho. Da pra contar nos dedos mas tem umas poucas bandas na Europa que esta desbravando este campo.

NP – No caso das bandas cristãs, existe alguma diferença marcante com relação ao Brasil?

CF – A diferença marcante é o objetivo. Lá as poucas bandas que existem, levam este trabalho como missão, ministério, chamado, etc. São muito sérias, objetivas e fazem com o coração voltado para o evangelismo. É claro que as bandas de lá investem também em qualidade, divulgação etc., mas o fim é sempre levar a palavra. Você pode me dizer, mas Celso, aqui também é assim. Pouquíssimas bandas aqui pensam assim. A maioria aproveita esta estrada pra se promover, algumas encaram ate como profissão etc. as bandas que fizeram história e conquistaram um espaço aqui e no exterior foram aquelas cujos membros se consagraram, e quando pararam de se consagrar simplesmente sumiram ou deixaram de existir. Deus tem zelo por esta obra. Tem gente que pensa que isso é uma moda e que já passou. Não é verdade, Deus ainda não desistiu de salvar os malucos desse mundo e vai levantar qualquer pessoa que tenha um coração sincero perante ele. Esta semana eu fui visitar a Gólgota, uma igreja de maluco cujo pastor é um grande amigo meu de longas datas. Guitarrista da primeira banda de rock que eu participei. Eu fui lá em Curitiba e vi o inicio daquela igreja. Tipo iniciou em uma casa de um dos membros com alguns malucos... Hoje, nove anos depois, nove anos de persistência, lutas e muita garra a igreja do Pr. Pipe conta com mais de 100 membros, situada no centro da capital do Paraná. Sabe o que é isso? Isso é Deus dizendo, HÁ ESPERANÇA ELE AINDA NÃO DESISTIU DE NOS USAR COMO FERRAMENTAS PARA LEVAR SALVAÇÃO PRA ESSA GALERA.

NP – Há muitas bandas cristãs de metal na Itália?

CF – Como eu já citei antes, não. Há realmente pouquíssima. As únicas duas que eu conheço foram aquelas em que eu participei. O “Altripercorsi” ( http://www.youtube.com/celsodefreyn#p/u/25/dKH_oz-_iMI ) e o “Seven Horizons” ( http://www.myspace.com/7horizons 0. Tem outra que não é tão conhecida, mas é muito boa. Todos os integrantes daquela banda não eram crentes e era a banda cover oficial do Megadeth, reconhecido pelos mesmos. O vocalista se converteu e pouco a pouco levou toda a banda pra Jesus. Logo depois lançaram um álbum com letras cristãs. A banda é de Milão, se chama BOARDERS (http://www.myspace.com/music4thelion) confere lá, já tocamos juntos duas vezes, o vocal impressiona com o timbre de voz e com a unção palpável que se sente na voz dele. Ouça a música: “True Rebellion”. Quero ver se trago materiais das duas bandas para disponibilizar na nossa turnê.

NP – Vocês estão com alguns shows marcados no Brasil. Está ansioso por voltar a sua terra?

CF – Olha, Nelson eu na verdade já estou em Curitiba há quase dois meses, e estou na correria pra fechar os shows da turnê. Por agora estamos com algumas datas na manga.

Algumas já confirmaram. Segue a lista das cidades.

07 de Setembro - Salvador/BA--------------Show

08 de Setembro -Vítória da Conquista/BA -- Show

17 de Setembro - Brasília/DF----------------DESPERTAR BRASILIA

25 de Setembro - Recife/PE------------------Marcha pra Jesus

02 de Outubro – Guarulhos/SP--------------Over Rock

09 de Outubro – São Paulo/SP---------------Crach Church

11 de Outubro – Curitiba/PR-----------------Gólgota

16 de Outubro - Curitiba/PR-----------------Bola de Neve

23 de Outubro – Pato Branco/PR----- -------Igreja Menonitas/ Teatro Municipal

NP – Qual a sua expectativa quanto a estes shows por aqui?

CF – No início a expectativa era grande e alta. Mas agora, depois de passar inúmeras horas na frente do computador e contatar mais de 100 pessoas, se a gente fizer sete shows já vamos levantar as mãos pro alto. Só com as despesas garantidas.

NP – Ainda há algumas datas disponíveis neste tour, para quem está interessado em contar com Seven Horizons, o que deve ser feito?

CF – Sim há muitas datas. Se alguém tiver interessado é só entrar em contato através do email – celsodefreyn@hotmail.it

Maiores informações a respeito do grupo é só acessar qualquer um dos seguintes sites:

http://www.myspace.com/7horizons

http://www.myspace.com/defreyn

http://celsodefreyn.blogspot.com/

http://www.youtube.com/user/celsodefreyn

http://twitter.com/celsodefreyn


NP –Muito obrigado por sua atenção Celso, espero vê-los ao vivo por aqui.

CF - Eu é que agradeço pela oportunidade que você esta dando da gente poder passar pra galera ae um pouco da nossa historia. Obrigado por tudo e que Deus te abençoe de forma poderosa.

Seven HorizonS Em Salvador


Desembarca em Salvador no dia 7 de setembro a banda Italiana de Progressive metal Seven Horizon, que traz no front line o cantor curitibano Celso de Freyn que ganhou notoriedade nacional e internacional com a seu antigo grupo Stauros, que ja vendeu quase 100 mil cópias no mundo todo, sendo elogiado pela revista japonesa especializada em Heavy metal, Burrn!, destacando-o como um dos melhores do seu tempo. O grupo italiano lançou recentimente na Europa seu primeiro cd e aproveita a oportunidade para divulgar seu material em terras brasileiras , onde passara por mais sete estados promovendo o disco.

As banda que abrem o evento são:
Dynamus > www.myspace.com/dynamusxxx
Covertd X > www.myspace.com/covertdx
Storm > www.myspace.com/storm
Efezus, Phillos e Fator Ideal.

Ingressos no local a R$ 10,00
Horário: 14:00 hrs
Local- Bond Canto- Rio Vermelho

Produção- Underzone- Rhythm Produções.

Contatos:
Eldo Luiz.
(Dynamus band)
eldoluiz@gmail.com
Tel - Novo: (71) 81937536 begin_of_the_skype_highlighting (71) 81937536 end_of_the_skype_highlighting
Myspace: www.myspace.com/dynamusxxx
Fotolog: www.fotolog.com.br/dynamusxxx

lunedì 26 luglio 2010

CHEGARAM OS CD,S DO SEVEN HORIZONS

CHEGARAM OS CD,S DO SEVEN HORIZONS

RESERVE A TUA COPIA HOJE - E APROVEITE OS PREÇOS PROMOCIONAIS PARA AGOSTO

PROMO 01

  • COMPRANDO O CD ATÉ O FIM DE DESTE MÊS E SE TORNANDO UM SEGUIDOR DO HTTP://www.twitter.com/celsodefreyn VOCÊ PASSA A COMPRAR O CD POR 17 REAIS COM DESPESAS DE CORREIO INCLUÍDAS EM VEZ DE PAGAR OS 20 REAIS QUE É O PREÇO NORMAL A PARTIR DE SETEMBRO.
PROMO 02
  • OU COMPRANDO 2 CD,S PRA DIVIDIR COM O TEU AMIGO VOCE PAGA SOMENTE 15 REAIS CADA, COM DESPESAS INCLUIDAS. PRA QUE PERDER TEMPO. RESERVE JÁ O TEU.

• COMPRAR UM CD DE UM GRUPO CHRISTIAN METAL QUER DIZER APOIA-LOS FINANCEIRAMENTE PARA QUE OS MESMO POSSAM CONTINUAR A REALIZAR O TRABALHO PELO QUAL FOI CHAMADO. BAIXAR UM CD PELA INTERNET QUER DIZER COOPERAR PARA QUE O GRUPO POUCO A POUCO DEIXE DE EXISTIR E SE TORNE UMA LENDA. MUITOS PARARAM NA METADE DO CAMINHO POR FALTA DE APOIO.

• QUE DEUS POSSA TE ABENÇOAR RICAMENTE EM TUDO O QUE VOCE FIZER. NÃO DEIXE DE FAZER A TUA PARTE. SE VOCE GOSTA DO MEU TRABALHO, ENTAO FAÇA UM PASSO DE FIDELIDADE.

MINHAS COORDENADAS BANCARIAS

 CELSO DE FREYN - CAIXA ECONOMICA FEDERAL - CURITIBA - PR
 OPERAÇAO: 013 - AGENCIA: 2975

 CONTA: 9650-3

 MANDAR O COMPROVANTE DE DEPOSITO E O TEU ENDEREÇO PARA A ENTREGA

 DESPESAS DE CORREIO ENCLUIDAS


 CELSODEFREYN@HOTMAIL.IT

martedì 20 luglio 2010

Sara e Regina, Musica com Celso de Freyn Correndo

Sarinha no Hospital de Clinicas de Curitiba.

Obrigado pelas orações de todos, hoje foi retirado o CATETER da Sarinha, graças a Deus deu tudo certo
Estamos esperando cicatrizar para arrancar os pontos. Ela esta aparentemente bem. Vai ficar tomando antibiótico na veia ate completar 24 horas da operação e depois se estiver tudo ok, poderá retornar ao doce lar. Vamos continuar orando.
Deus abençoa a todos

Assistam ao vídeo da sara.
http://www.youtube.com/watch?v=LNj6zysH8YM

Video da Sarinha

giovedì 8 luglio 2010

mercoledì 7 luglio 2010

ENTREVISTA REALIZADA PELO ISAQUE DA METAL LEND

1- Conte nos um pouco sobre a sua entrada no Stauros na década de 90.

Cara, em 96 eu fazia parte do "Reforma" uma banda formada por alguns amigos da igreja presbiteriana de Comburiu, SC
Em um dos eventos realizados pelo ministério de jovens da nossa igreja chamado "Tributai" conheci o Stauros, que na época era o "sara terra" Ali começou o primeiro contato. Conversando com o Venâncio falei um pouco da minha experiência como vocalista metal, das minhas influencias e intenção em fazer um tipo de musica mais Power. O Venâncio não deu muita importância, disse que já estavam completos e prosseguiram com a banda. Alguns meses mais tarde a minha banda abriu o show para o Stauros, e ali pela primeira vez eles puderam me ouvir cantando musicas do Bride, Blood Good e outras.
Conseqüentemente criou-se entre nós uma forte aliança e depois de muitas reuniões entre eu e o Venâncio acabei por tomar a decisão de entrar pro grupo - foi difícil porque naquele período eu estava me dedicando muito no Reforma e não queria deixá-lo.
Tive que lutar interiormente por algumas semanas, mas em oração consegui tomar a decisão.

2- Por que você saiu do Stauros pela primeira vez?

Stress emocional. Estava passando por problemas familiares e financeiros. Tinha fortes crises e vontade de parar com tudo. Em Balneário Comburiu, conheci a igreja Vida Nova e recebi um convite do pastor para assumir o ministério de louvor em tempo integral. A minha decisão final foi baseada principalmente no fato que eu estava procurando um tempo tranqüilo e seguro pra minha vida e naquele momento achei que era hora de dar uma pausa.
3- O que te fez voltar novamente ao Stauros?

Antes da saída do Cesar, Ale e o Venâncio do Stauros eu já tinha começado a ensaiar num novo projeto do Venâncio que se chamava "Criva" A gente tinha umas cinco musicas prontas. Isso foi a quase quatro anos desde que eu tinha saído do grupo.
Foi o próprio Venâncio que me deu um toque dizendo que eles tinham saído do Stauros e que o Renato ia falar comigo a respeito da nova formação. Bem acabamos nos encontrando e sinceramente falando eu estava louco pra voltar. Rolou uma reunião comigo e com os outros da nova formação e ali decidimos como e quando recomeçar.
4 - Você considera o álbum sentido da vida com o melhor álbum do estilo no Brasil?

é difícil pra mim dizer não, enquanto milhares de pessoas afirmam que sim. Mas eu diria que foi o mais comentado. Quanto a ser o melhor, deixo isso pra decisão da galera. Talvez naquele tempo tenha sido o melhor.
5 - Como foi o processo de composição do Sentido da Vida e qual a sua música preferida no álbum?

Demorou um pouco, mas depois encontramos um sistema. Cada um de nos tinha idéia de bases e riffes. Então decidimos que cada um deveria compor e trazer as idéias para o grupo. A gente trabalhava em cima da composição de um integrante por vez mas dividimos da seguinte maneira. No meio da semana a "cozinha" (batera, baixo e guitarra base) se encontrava para arranjar as estruturas da musica. O material produzido era gravado e repassado para todos inclusive para o Renato e para mim. Enquanto eram finalizadas as bases eu e o Renato íamos montando as nossas partes. No sábado fazíamos o ensaio geral com as musicas prontas e as bases trabalhadas pelo trio. No álbum tem musicas feitas por todos os integrantes menos o Ale. Eu trouxe a Idea da "Viagem pro céu" "Toda dor" e "O preço da liberdade".

6 - Quantos shows foram feito na época do Sentido da Vida?

Cara eu não lembro mais, só sei que foram mais de cinqüenta shows.

7 - Sabemos que você já tem idas e Volta na Europa, especialmente na Itália, como é o cenário cristão e secular lá?

O cenário cristão na Itália é muito influenciado pelo catolicismo. As igrejas evangélicas praticamente são consideradas como seitas. Quando um italiano entra em uma igreja evangélica acha a coisa mais estranha do mundo, porque è muito diferente de tudo o que eles aprenderam a respeito de igreja. Mesmo diante desta realidade pequenos grupo de igrejas tem se levantado, e pouco a pouco estão crescendo. Hoje só em Milão e nas cidades vizinhas conta-se com mais de 100 pequenas igrejas na maioria sul americanas. As poucas igrejas evangélicas italianas são formadas por cristãos genuinamente convertidos.
Um italiano quando se converte se torna uma testemunha verdadeira do evangelho de Cristo, muito diferente da maioria dos evangélicos do Brasil que são levados a agir de acordo com as emoções.

8 - Como surgiu a oportunidade de Trabalhar como Seven Horizons?

Eles já me conheciam a muito tempo e até tentaram fazer contatos comigo mas nunca dava certo. Até que através do "Luigi" baixista do Altripercorsi, acabamos nos encontrando. Primeiramente conheci o Riccardo Oneto. Ele veio no ensaio pra falar comigo a respeito da audição em Londres. Pra mim era uma coisa muito interessante e visto que esta era uma oportunidade pra cantar na Inglaterra , prontamente aceitei o convite. Dois meses depois estávamos aterrisando em Londres e acabamos realizando esta experiência maravilhosa que abriu uma porta para futuros contatos. Logo o Altripercorsi encerrou as atividades e eu continuei a trabalhar no louvor da igreja. No final de 2009 o Riccardo do Seven Horizons me convidou para gravar o CD "Seven Horizons" Comecei a ouvir a demo sem compromisso mas sinceramente não achei que ia realmente gravar porque no inicio não curtia o estilo das musicas. Bem, pra cumprir a minha palavra, entrei em Studio e comecei a gravar o material. O resultado final do disco foi realmente satisfatório.

9 - Qual a formação da banda SH?

Celso de Freyn nos vocais
Giordano na Bateria
Riccardo Oneto nos teclados
Gianluca Russo na guitarra
David Canale no baixo

10 - Existe possibilidade de continuidade do SH, sendo que atualmente vc está no Brasil e o restante da banda na Itália?

Quando eu terminei de gravar o CD, não tinha nenhum vinculo com a banda. Era só um favor que eu estava fazendo ao grupo. Eles já sabiam que eu estava voltando pro Brasil. O S/H começou a crescer e a repercutir não somente na Itália, mas também na America do norte e no Brasil. Tudo isto começou a mexer com o meu coração. No inicio eu pensei em continuar somente pra não deixá-los na mão, mas depois fui vendo a mão de Deus agindo e com isso crescendo dentro de mim a convicção de que não era por acaso tudo isto que estava acontecendo

11 - Quais os planos com sua volta para o Brasil?

Primeiramente trazer o Seven Horizons numa turnê, fazê-los conhecido aqui. Dedicar este ano e o próximo tentando espalhar o Maximo de CD, s possível de norte a sul no Brasil. Juntamente com isto quero lançar um disco solo. Quero gravar este disco para realizar o meu sonho de fazer uma musica mais Power. Já tenho algumas coisas prontas. No inicio pensei que seria legal voltar para o Stauros, mas com o tempo o Seven foi crescendo e fui me envolvendo cada vez mais, que hoje seria complicado deixar-lo ou fazer parte de dois grupos. Tenho dois filhos gêmeos que acabaram de completar um ano. Um deles é a Sara que foi curada da leucemia e agora no Brasil esta fazendo terapia de manutenção. Isto quer dizer que vou dedicar um bom tempo com a minha família.

12 - A pergunta que não quer calar, você vai voltar para o Stauros?

Eu liguei para o Renatinho e conversamos a respeito disto, quando a minha situação com o Seven estava bem no inicio e decidimos orar. Mas sinceramente não sei se vai rolar até porque o grupo esta se dedicando em outra proposta musical e deve continuar ainda por mais um bom tempo, visto que acabaram de gravar o disco praise. Não descarto a possibilidade, mas deixo na mão de quem realmente decide a nossa vida.

13 - O que você acha do termo White Metal?

Não tenho nada contra, mas prefiro o termo Christian Metal.

14 - Cite as suas cinco bandas preferidas?

É uma coisa surpreendente, mas eu deixei de ouvir metal desde quando fui para a Itália. Passaram-se seis anos e a única coisa que ouvia era musica crista italiana. Estou começando ouvir novamente e tentando conhecer novos grupos. As minhas referencias são aquelas velhas bandas como o Drean Theater, Narnia, White Snake, Barren Cross e Bride.

15 - Uma frase para a vida.

A vida nesta terra è muito curta, vamos investir o Maximo do nosso tempo buscando o reino de Deus onde realmente encontraremos o verdadeiro Sentido da vida.

16 - O que você acha da manipulação da mídia brasileira sobre o indivíduo?

Eu acho que a manipulação sempre existiu e sempre existira até que o sistema deste mundo for transformado pela palavra de Deus e creio que isto è uma ferramenta do anticristo para controlar a mente das pessoas de todas as idades, de todas as formas e em todos os lugares. Podemos combater esta influencia levando a genuína palavra de Deus às pessoas e ensinando as a ser manipuladas pelo Espírito Santo.

17 - Considerações finais e agradecemos pela oportunidade.

Pra terminar quero estar informando a galera que esta pra sair o video-clip da musica "Empty Jail" que è a terceira musica do CD e dar um toque pro pessoal ficar antenado ai no blog, porque estamos fechando vários shows no nordeste e se Deus quiser iremos também para o sul do Brasil. Vamos estar divulgando aqui a lista de todas as cidades por onde vamos passar. Quero agradecendo ai ao pessoal do blog...... e toda a redação por esta grande oportunidade que nos foi concedida

Deus abençoe a todos

mercoledì 30 giugno 2010

Stryke Virtual Metal Magazine & Promotion 15



INTERESSADOS EM ADQUIRIR O MEU NOVO CD COM O GRUPO SEVEN HORIZONS É SO DEPOSITAR 20 REAIS PARA:

CELSO DE FREYN - CAIXA ECONOMICA FEDERAL - CURITIBA - PR
OPERAÇAO: 013 - AGENCIA: 2975
CONTA: 9650-3
MANDAR O COMPROVANTE DE DEPOSITO E O ENDEREÇO PARA A ENTREGA NO EMAIL.

CELSODEFREYN@HOTMAIL.IT

AS DESPESAS DE CORREIO JA ESTAO INCLUIDAS NO VALOR.